Publicidade
Motherboard

Como longas jornadas de trabalho estão ligadas à dependência em anfetamina​

Um estudo feito pela UNIFESP aponta que a privação de sono te dá o dobro de chances de ser um dependente químico de drogas de abuso.

por Julia Reis
25 Julho 2018, 5:28pm

Imagem: Pixabay

Já está mais do que provado que, desde a Revolução Industrial, abrimos mão de horas de sono para trabalhar. Seis a cada dez pessoas no Brasil dormem menos que seis horas por dia por conta da rotina de trabalho, o que é algo diagnosticado como nada saudável.

Todos esses efeitos da sociedade moderna acabam atingindo nossos sistemas naturais e causam algumas consequências biológicas como Alzheimer, câncer, diabetes e vícios fortíssimos em anfetamina, uma das maiores drogas de abuso existentes no mercado.

Como toda droga de abuso, ela reforça funções fisiológicas estimulando efeitos de prazer e euforia imediata. Por essas características, são muito usadas em ambientes de trabalho, “sobretudo em função de seus efeitos na produtividade do trabalhador”, segundo artigo de Lucia Maria Beck e Helena Maria Leal David, da revista de enfermagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Em um estudo feito por Laís Fernanda Berro e produzida pela Unifesp, foi comprovado que, se você se privar de suas horas de sono e usar anfetamina para te deixar ligadão nas horas de trabalho, esses efeitos favorecem uma onda muito maior ao usar a droga, o que causa uma consolidação no quadro de dependência química e padrões de comportamento muito mais fortes que o normal.

Para consolidar essa teoria, foram feitos testes em 25 ratos, sendo 13 em que não tinham horas de sono reguladas e outros 12 com controle e privilégios na hora de dormir. Normalmente, para deixar um ratinho viciado, é preciso quatro sessões com anfetamina; para esses que estavam sem dormir, foi preciso somente duas.

Assim como nos animais, espera-se que, se uma pessoa estiver nas mesmas condições e fizer o uso da droga, ela terá uma tendência em desenvolver os efeitos muito mais rápido do que aquela que tem o sono controlado e saudável.

As drogas de abuso e a presença de dopamina estão diretamente ligadas ao circuito de recompensa cerebral. A privação de sono altera os níveis de dopamina no cérebro, o que aumenta os estímulos de prazer que favorecem a dependência.

Leia mais matérias de ciência e tecnologia no canal MOTHERBOARD .
Siga o Motherboard Brasil no Facebook e no Twitter .
Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter , no Instagram e no YouTube .

Tagged:
Drogas
trabalho
Dependência Química
Droga
vício
anfetamina
abuso de drogas