Publicidade
Noisey

O paulistano Tiago Frúgoli investe na espontaneidade em 'Casa'

Pela primeira vez em sua discografia, o instrumentista contou com mais músicos e apostou no improviso para gravar seu novo álbum.

por Amanda Cavalcanti
10 Novembro 2017, 3:00pm

Crédito: YOka

Fascinado pelo jazz do fim dos anos 60 e começo dos 70, já após a implementação do piano elétrico mas antes da fase fusion e da incorporação de sintetizadores, o paulistano Tiago Frúgoli se sentiu inspirado a incorporar esses elementos no que seria seu novo álbum. O resultado é o trabalho mais espontâneo da discografia do instrumentista, Casa, que você ouve com exclusividade no Noisey nessa sexta (10).

Para chegar nesse resultado, o compositor pensou em dois nortes para a composição do disco: o primeiro é o conceito de "casa". "A arte do disco foi feita por uma amiga da Dinamarca, e foi construída com pinturas sobre fotos de casas em que ela já morou", conta o músico. "Pra mim, [o disco] tem essa coisa de revisitar um pouco a história, da noção de estar em casa, do que faz com que você se sinta em casa ou longe de casa."

Frúgoli também tomou como ponto de partida estético a improvisação e a energia espontânea que surge quando dois músicos tocam juntos numa sala. "[Para Casa], não adiantava gravar um instrumento e depois gravar outro por cima. Eu queria pegar a primeira execução das músicas, e deixar todos os temas bem abertos pra improviso." O músico compôs seis dos sete temas do álbum previamente e desenvolveu-os ao longo das sessões de gravação com a banda que chamou de Tiago Frúgoli Ensemble, formada pelo baixista Noa Stroeter e o baterista João Fideles. Também tocam no disco Valério, Marcelo Miranda e Vitor Cabral.

Ouça Casa abaixo. O show de lançamento do disco acontece nesse sábado (11) no PICO.

Leia mais no Noisey, o canal de música da VICE.
Siga o Noisey no Facebook e Twitter.
Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter e Instagram.

Tagged:
jazz
música
tiago frugoli
casa
tiago frúgoli ensemble