Publicidade
Noticias

Boletim Matutino da VICE 24/01/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
24 Janeiro 2020, 1:13pm

Brasil

Bolsonaro descarta recriar Ministério da Segurança Pública após birra de Moro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (24) que está descartada a possibilidade de desmembrar o Ministério da Justiça, comandado por Sergio Moro. Na quinta-feira (23), Bolsonaro havia dito que o governo estava estudando recriar a pasta da Segurança Pública, que atualmente está sob o comando de Moro. Com a mudança, Moro ficaria na Justiça e um outro ministro comandaria a área da segurança. Bolsonaro chegou a afirmar que era "lógico" que o ministro não estava gostando do debate. Nesta sexta, ao chegar a Nova Déli, na Índia, para uma viagem oficial, o presidente voltou ao tema. Desta vez, disse que a chance de recriar a pasta da Segurança Pública é "zero", após Moro ameaçar se demitir caso o movimento se concretizasse. – G1


Regina Duarte deve R$ 319,6 mil por irregularidades com a Lei Rouanet

Um dos pontos de tensão entre artistas e o governo de Jair Bolsonaro decorre das reformulações na Lei Rouanet. No périplo que fez por Brasília ao longo desta semana, Regina Duarte mostrou especial interesse em financiamento à cultura. Ela foi até a área que cuida da política de fomento e disse que gostaria de saber mais e entender como funciona esse setor. O tema já faz parte da vida da atriz. Uma empresa dela, chamada A Vida É Sonho Produções Artísticas, conseguiu três financiamentos com base na Lei Rouanet, que somaram 1,4 milhão de reais. Em março de 2018, a área técnica do Ministério da Cultura reprovou a prestação de contas de um dos projetos, Coração Bazar, peça para a qual Regina Duarte captou 321 000 reais com base na legislação. Pela decisão, cujos fundamentos são mantidos em sigilo, a atriz terá de restituir 319 600 reais ao Fundo Nacional da Cultura. A conta só não foi cobrada ainda porque houve apresentação de um recurso. – Veja


Guedes diz que avalia imposto sobre 'pecados': cigarro, álcool e produtos com açúcar

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (23) que o governo avalia uma cobrança de tributos sobre cigarros, álcool e produtos com açúcar numa eventual proposta de reforma tributária a ser apresentada pela equipe econômica. Em Davos, na Suíça, onde participa do Fórum Econômico Mundial, o ministro disse que o sistema tributário de vários países prevê a cobrança do "imposto do pecado" para diminuir o consumo de cigarros, álcool e produtos com açúcar. "Não tem nada definido, tem um grupo fazendo a reforma tributária. Fala-se de tributos e impostos e existe esse conceito de tributar coisas que fazem mal para a saúde", disse Guedes. – G1

Aras anuncia nova coordenadora da Lava Jato na PGR e amplia grupo

O procurador-geral da República, Augusto Aras, anunciou nesta quinta-feira (23) que a subprocuradora-geral Lindora Maria Araújo será a nova coordenadora do grupo de trabalho da Lava Jato na Procuradoria-Geral da República. Ela ocupará o lugar de José Adonis Callou de Araújo Sá, que pediu para deixar a coordenação. O coordenador da Lava Jato na Procuradoria tem como função coordenar coleta de depoimentos, de provas, coordenar audiências, requisitar informações, e participar de negociações sobre acordos de delação premiada. Além da entrada de Lindora, Aras também anunciou que o Grupo de Trabalho será mantido com os seis procuradores que já atuavam e mais dois nomes novos: o procurador Vladimir Aras (primo do PGR), que foi da equipe de Rodrigo Janot, e a procuradora Raquel Branquinho, que coordenou o grupo de trabalho na gestão de Raquel Dodge. – G1

Governador veta projeto que criava Praça Marielle Franco em Brasília

O governador Ibaneis Rocha (MDB) vetou o projeto que cria a Praça Marielle Franco em Brasília. A medida foi publicada em uma edição extra do Diário da Câmara Legislativa desta quarta-feira (22). Segundo o governador, não há interesse público na criação da praça. Marielle Franco foi morta junto com o motorista Anderson Gomes numa emboscada no dia 14 de março de 2018. Quase um ano depois, dois suspeitos do crime foram detidos, um policial militar e um ex-PM. O projeto que criava a homenagem foi aprovado pelos deputados distritais em novembro do ano passado. De acordo com o texto, o ponto escolhido para representar a vereadora do PSOL – assassinada no Rio de Janeiro em 2018 – fica no Setor Comercial Sul, na área central da capital federal. – G1

Sem dinheiro, família de pedreiro morto por bala perdida no Rio consegue enterro gratuito

A família de Samuel Menezes da Conceição, morto por uma bala perdida no Complexo da Penha, conseguiu que o pedreiro seja enterrado gratuitamente, por meio da Defensoria Pública. O velório será nesta sexta-feira (23) no Cemitério de Irajá, como mostrou o RJ2 nesta quinta-feira (23). Samuel foi atingido por um tiro durante uma operação da PM nesta quarta (22). A corporação diz que houve confronto com traficantes e o pedreiro, que ia para o trabalho, foi baleado. A perícia da polícia civil vai determinar de onde partiu a bala. Sem dinheiro, os parentes da vítima viveram um novo drama ao chegar ao Instituto Médico Legal (IML) na manhã desta quinta: eles não tinham dinheiro para pagar os gastos básicos da cerimônia. – G1

PM agride mulher e prende duas pessoas em protesto do MPL em SP

Pelo segundo ato consecutivo do MPL (Movimento Passe Livre), contra o aumento da passagem do transporte público e a favor do passe livre, a Polícia Militar do Estado de São Paulo deteve duas mulheres em ação truculenta. A quarta manifestação do movimento aconteceu no centro da cidade de São Paulo no fim da tarde desta quinta-feira (23). As duas foram presas e responderão por dano qualificado e resistência à prisão, com audiência de custódia na manhã desta sexta-feira (24). Policiais homens agiram contra duas jovens na estação Anhangabaú após o fim do ato e dispersão feita a um quilômetro dali, na estação Liberdade. Depois que os manifestantes correram pelo centro da capital paulista, pelo menos cinco PMs foram em cima das manifestantes e, com elas já rendidas, um policial apoiou todo o peso do corpo com o joelho em uma delas, enquanto outro PM homem puxava o braço da garota para trás. “Eu já estou rendida”, ela repetia, dizendo sentir dor no braço. Antes dela cair, um PM dá um golpe de cassetete em seu rosto. – Ponte

PM interrompe ensaio de maracatu e toma instrumentos de mulheres no Paraná

Um grupo feminino de maracatu teve instrumentos apreendidos pela Polícia Militar (PM) enquanto ensaiava na Praia Brava, em Matinhos, litoral do Paraná. Três integrantes também foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil da cidade ao serem denunciadas por perturbação da ordem e de sossego, além de desacato. O caso ocorreu na tarde de ontem. A abordagem aconteceu depois que um morador de um dos prédios em frente à praia acionou as viaturas por conta do barulho gerado pelo ensaio. Segundo o grupo, a PM abordou as mulheres e pediu dois instrumentos. A confusão iniciou quando os policiais teriam solicitado um terceiro instrumento. As mulheres negaram, resistiram em entregá-lo e disseram que só o levariam para a delegacia na presença de um advogado. – UOL

Mundo

China isola área com 40 milhões para conter coronavírus; 26 já morreram

A China impôs restrições de transporte sobre mais de 40 milhões de habitantes nesta sexta-feira (24) para tentar conter a disseminação do coronavírus que já matou 26 pessoas. As medidas de emergência afetam os moradores de 13 cidades da província de Hubei, incluindo sua capital, Wuhan, uma metrópole com mais de 11 milhões de habitantes. As autoridades chinesas também anunciaram a construção de um hospital em Wuhan com capacidade de mil leitos para acelerar o tratamento de pessoas contaminadas. O estabelecimento deverá abrir suas portas em 3 de fevereiro. A região é considerada epicentro da doença. Acredita-se que coronavírus tenha surgido em dezembro em um mercado em Wuhan onde era registrado o comércio irregular de animais. Mais de 830 pessoas foram contaminadas até agora, e há o temor de que o vírus se espalhe rapidamente para outros países da Ásia. Além da China, oito países já registraram casos do vírus: Taiwan, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Vietnã, Singapura, EUA e Arábia Saudita. – Folha de S. Paulo

Corte da ONU determina que Mianmar adote medidas para proteger rohingyas

A Corte Internacional de Justiça da ONU em Haia, na Holanda, ordenou, nesta quinta-feira (23), que o governo de Mianmar adote medidas urgentes para proteger a população rohingya do país de perseguição e atrocidades. Uma decisão unânime de um painel de 17 juízes determinou que Mianmar deve se reportar novamente à corte dentro de quatro meses. As decisões do tribunal são finais e não deixam possibilidade de recurso, mas a corte não tem como garantir, na prática, que elas sejam cumpridas. O país foi levado ao tribunal pela Gâmbia em novembro passado sob acusações de genocídio contra os rohingyas, uma minoria muçulmana sunita em Mianmar, que tem maioria budista. O caso ainda não foi ouvido inteiramente, e, segundo a agência de notícias Reuters, a decisão desta quinta se referiu apenas ao pedido da Gâmbia por medidas preliminares. – G1

Mundo está mais perto do que nunca do fim, indica Relógio do Apocalipse

Os ponteiros do Relógio do Apocalipse foram ajustados nesta quinta-feira (23) e agora marcam 100 segundos para meia-noite — ou o fim do mundo. É o mais perto que o planeta chegou da destruição desde que o Boletim de Cientistas Atômicos passou a fazer a medição simbólica, em 1947. Até a medição de 2020, o Relógio do Apocalipse marcava dois minutos para o fim do mundo. Os cientistas disseram que, desta vez, além do risco de uma guerra nuclear, o planeta passa por riscos relacionados ao meio ambiente e às mudanças climáticas. O documento divulgado junto à mudança nos ponteiros cita, ainda, a Amazônia. – G1

Comediante que fez piada sobre Jesus deixa a Rússia após polícia iniciar investigação

Um comediante popular deixou a Rússia temporariamente por motivos de segurança, depois que a polícia abriu uma investigação sobre uma de suas performances, na qual ele fez piadas sobre Jesus e a Igreja Ortodoxa, disse seu advogado nesta quinta-feira (23). O comediante Alexander Dolgopolov postou esta semana uma foto de um aviso do Ministério do Interior enviado ao HopHead Tap Room, de São Petersburgo, onde ele se apresentou em fevereiro de 2019, solicitando ao estabelecimento que fornecesse informações sobre ele. Nessa performance, que recebeu quase 2,8 milhões de visualizações no YouTube em nove meses, Dolgopolov fez piadas sobre a Virgem Maria e Jesus e ridicularizou sua própria fé quando criança. – G1

Enfermeiros em greve fazem vídeo seminus em protesto contra precariedade na França

Após inúmeras manifestações para chamar a atenção sobre a precariedade da categoria na França, um grupo de enfermeiros e outros profissionais do setor da saúde lançou uma campanha de vídeo na qual homens e mulheres aparecem seminus. Os funcionários dos hospitais públicos afirmam que suas reivindicações de melhorias não são ouvidas pelo governo e que a iniciativa foi a única maneira de serem vistos. Intitulado "A défaut d'être entendus, peut-être serons nous vus" ("Já que não somos ouvidos, talvez seremos vistos", em tradução livre), o vídeo de um minuto mostra um grupo de enfermeiros, homens e mulheres, alinhados, com torso nu. – UOL

Tagged:
brasil