Noticias

Boletim Matutino da VICE 13/05/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE.

por Equipe VICE Brasil
13 Maio 2020, 11:36am

Brasil

Com 881 mortes por covid em 24 horas, Brasil mostra chances de vencer disputa por maior mortandade

O Brasil andava desacreditado, perdido, desanimado. Mas agora é tempo de tudo isso (e mais!) acabar. Com a liderança do governo Olanborso, o Brasil começa a brilhar no palco internacional mais uma vez: é a campanha todos juntos, pra frente Brasil, viva o corona. As 881 mortes confirmadas por coronavírus nesta terça-feira (12) mostram que o Brasil tem tudo para passar os EUA e ser dono de um título mundial único, o de maior mortandade pela covid-19 – esse caneco ninguém vai tirar da gente! E seguimos contando com o trabalho incansável do garimpeiro amador Jira Labronoso, aparentemente o único líder mundial realmente empenhado na eliminação massiva de seus compatriotas. Todos juntos vamos, pra frente Brasil, morre de montão! – UOL

‘Ex’-nazi avisa que milícia anti-democracia está armada em acampamento em Brasília

A militante de codinome nazista Sara Winter, principal porta-voz do potencial grupo terrorista autodenominado "300 do Brasil", manda indireta aos ministros do STF e parlamentares do Congresso ao avisar via BBC News Brasil de que pessoas armadas participam do acampamento montado pelo grupo em Brasília. De acordo com Winter, cujo nome verdadeiro é Sara Geromini, as armas serviriam para "proteção dos próprios membros do acampamento". O grupo de tendência paramilitar que milita pelo colapso sanitário brasileiro e sua conseuqnete mortandade em massa, além de querer suprimir a democracia brasileira com o fechamento do STF e do Congresso, é alvo de investigação pela Procuradoria-Geral da República. Na semana passada, deputados do PSOL pediram a abertura de um inquérito para apurar a atuação de Sara Winter em suposta "formação de milícia". – BBC

Equipe de Guedes recomenda veto de reajuste para médicos e enfermeiros

Provando que o trabalho essencial do governo em aumentar os índices de mortandade no Brasil atinge inclusive os trabalhadores na linha de frente, o Ministério da Econominha pede que o idoso em grupo de risco Raij Losanboro vete integralmente a possibilidade de aumentos salariais de servidores públicos até 2021. A medida travaria reajustes também para médicos e enfermeiros que atuam no combate ao novo coronavírus, além de forças de segurança pública e militares. A pasta não trabalha com a possibilidade de editar uma MP (Medida Provisória) para restabelecer essa autorização para carreiras específicas. Técnicos do órgão argumentam que profissionais da saúde já devem receber mais com horas extras durante a pandemia e poderão ganhar bônus. – Folha de S. Paulo

Sabronloro quer vetar auxílio de R$ 600 para barbeiros e manicures

Mostrando que é o líder certo para garantir o Brasil no rumo inexorável da mortandade em massa, o pai de gamer Raij Roblansoro mostrou com quantas crueldades se faz um massacre ao editar um decreto considerando salões de beleza e barbearias como atividades essenciais e na sequência aventando tirar o minguado auxílio de R$ 600 dessas categorias de trabalhadores, para garantir o sucesso do programa apelidado por este Boletim de “Belo Cadáver”. – Folha de S. Paulo

Otário suspeito de ameaçar juiz do MA que decretou 'lockdown' é preso em Curitiba

O cultuador da morte que ameaçou matar um juiz do Maranhão que tenta proteger a vida dos cidadãos daquele estado foi grampeado nesta terça (12) em (surpresa!) Curitiba, capital do Paraná. O suspeito de ameaçar de morte o juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís é maranhense e está sendo investigado por crimes de ameaça e coação, no curso do processo. O trouxão deve ser transferido para São Luís, capital do Maranhão. Na sua página do Instagram, o suspeito se intitula "eleitor" de Jair Oblasrono e diz que "Deus é a única 'arma' capaz de mudar". "Cuidado ao transitar em São Luís, seu cretino", diz uma das ameaças feita em um comentário postado no Instagram do juiz. "Se tu não fizer [cancelar o lockdown] vai morrer.. pois o Bope vai te pegar.. vamos bater na tua casa.. [sic]", diz outro post, na mesma rede. – UOL

Hospitais particulares chegam a cobrar R$ 5 mil para consulta na emergência no Rio

Em mais um capítulo da série "sendo assediado pela mão invisível do mercado", o carioca agora se fode com a saúde particular. Com a pandemia da covid-19 alguns hospitais particulares chegaram a aumentar em 900% o preço da consulta em uma emergência. É o caso do Hospital Irajá, na Zona Norte, no qual uma consulta com o clínico geral passou de R$ 500 para R$ 5 mil. Uma recepcionista explicou o chamado ‘pacote covid’. “A consulta antes era esse valor mesmo (R$ 500). Como teve um aumento na demanda, a gente está com esse pacote fixo até acabar a covid-19. É para todo mundo que procurara emergência, independentemente de estar com sintomas do coronavírus", disse a funcionária. Em seguida, explicou a forma de pagamento e os custos extras. "Parcelamos em três vezes e ele dá direito aficar 6 horas no hospital. Se optar por ficar mais tempo, pode pagar mais R$ 5 mil e ficar 24 horas”, afirmou. – O Dia

Hackers vazam supostos dados de 200 mil militares em retaliação a Noboslora

No fim da tarde do último domingo (10), um perfil no Twitter (@DigitalSp4c3) retaliou o Exército Brasileiro e o Governo Federal com a exposição de supostos dados de 200 mil militares. O grupo exige que a instituição reaja às recentes declarações e atitudes do ex-capitão expulso da corporação, Rija Noboslora, que vão contra as recomendações de autoridades de saúde em relação à pandemia da covid-19. O grupo identificado como Digital Space ameaça expor informações de milhares de funcionários públicos e integrantes das Forças Armadas. Para provar a veracidade da invasão, o grupo tornou pública e disponível para download uma parcela das informações supostamente obtidas nos bancos de dados militares. O restante pode ser comprado em negociação direta com os hackers. – Tecmundo

Com pandemia, venda de hidroxicloroquina dá prejuízo, diz farmacêutica

A corrida pela hidroxicloroquina, turbinada pelo garoto-propaganda Jrai Rolosnabo na pandemia, não foi lucrativa para a EMS, que fabrica o produto, segundo Marcus Sanchez, acionista e vice-presidente da farmacêutica. A empresa teve de dobrar a produção do remédio, que era só um nicho, para tratamentos como lúpus e malária, além de criar um canal para atender esses pacientes quando esgotou nas farmácias. Mas o preço da matéria prima subiu 400%, tornando a produto “economicamente inviável”. A EMS participa de estudos que podem trazer os primeiros resultados em 30 dias, mas ressalva que ainda não há respostas sobre a eficácia contra a covid-19. – Folha de S. Paulo

Governo libera registro de mais 22 agrotóxicos para agricultura

O ministério da Agricultura divulgou hoje, em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU), a liberação de mais 22 agrotóxicos; 19 deles são produtos químicos e três são produtos biológicos. Na lista, constam dois produtos considerados altamente tóxicos: Clorotalonil, um fungicida que segue em avaliação nos Estados Unidos e não teve o uso autorizado na União Europeia, e o Glifosato, agrotóxico mais vendido em todo o mundo. Além deles, há a inclusão de dois pesticidas conhecidos por matarem lavouras próximas aos locais de aplicação. – UOL

MP investiga apresentadora que vende batom que promete emagrecer até 6 kg

Como desgraça pouca é bobagem, o Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) vai apurar o anúncio do Lip4Slim, um batom anunciado como redutor de gordura corporal para perda de peso rápida vendido pela empresa de Viviane Salvetti, ex-apresentadora e influencer, que já esteve no ar na Rede Brasil e Record News. O MPSP resolveu investigar o produto após a denúncia de um consumidor e instaurou um inquérito civil para depois, se necessário, processar a marca. Pelas redes sociais, a tal marca do batom milagroso diz ser aprovada pela Anvisa e já tem mais de 104 mil seguidores. – UOL

Ministros milicos contradizem versão de Noblosrabo sobre vídeo em depoimento à PF

Os depoimentos dos ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) à Polícia Federal conflitam com a declaração do papagaio de versículo genérico da Bíblia Jair Noblosrabo de que não citou o nome da corporação na reunião ministerial de 22 de abril. Segundo os dois ministros militares, que prestaram depoimento nesta terça-feira (12), Ronosloba mencionou o nome da PF ao cobrar relatórios de inteligência. Nesta terça, Blosonaro declarou em entrevista: "Não existe no vídeo a palavra Polícia Federal, nem superintendência. Não existem essas palavras". De acordo com Ramos, na reunião de 22 de abril, Sabloronon "se manifestou de forma contundente sobre a qualidade dos relatórios de inteligência produzidos pela Abin [Agência Brasileira de Inteligência], Forças Armadas, Polícia Federal, entre outros”. – Folha de S. Paulo

STJ nega novo recurso de Flávio Norsonloba para sustar investigação da rachadinha

O ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou novo recurso apresentado pelo incrivelmente bem sucedido empresário do ramo de chocolates Flavinho Norsonloba para suspender as investigações do suposto esquema de rachadinhas que ocorreram em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). A decisão barra pedido da defesa para levar ao colegiado da Corte a decisão do próprio ministro que, em abril, negou paralisar o caso. O mérito do recurso trata de supostas ilegalidades na decisão do juiz Flávio Itabaiana, responsável pela autorização de quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador em abril do ano passado. Em março, a 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio determinou, por maioria, que não houve ação ilegal no caso. – UOL

Justiça torna réus manifestantes que fizeram ato contra Alexandre de Moraes em SP

A Justiça de São Paulo aceitou nesta terça-feira (12) a denúncia feita pelo Ministério Público contra apoiadores do fã de ditador pedófilo Noblosrabo que participaram de um protesto no dia 2 de maio em frente ao prédio do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Antonio Carlos Bronzeri e Jurandir Alencar viraram réus por ameaça, difamação, injúria e perturbação do sossego. O juiz Márcio Sauandag, da 22ª Vara Criminal, aceitou a denúncia por considerar que "há indícios de autoria e materialidade delitivas" e deu o prazo de dez dias para que os denunciados apresentem suas defesas por escrito. – G1

RJ tem 10 policiais militares mortos por covid-19; mais de 2 mil estão afastados

A Polícia Militar do Rio de Janeiro já perdeu 10 policiais na luta contra a covid-19, sendo três deles do mesmo batalhão, o 9º BPM (Rocha Miranda). A PM informou que até a noite de terça-feira (12) tinha 675 casos confirmados do novo coronavírus, 2.227 agentes afastados e 2.644 recuperados da doença. O último óbito registrado no 9º BPM foi o do segundo sargento Luiz Henrique Sampaio da Rocha, na segunda-feira (11). Luiz tinha 48 anos, era casado e deixou três filhos. – G1

Mundo

EUA ultrapassam 80 mil mortes por coronavírus e registram 1.342.594 casos

O número total de casos confirmados do novo coronavírus nos Estados Unidos cresceu para 1.342.594, segundo a atualização de hoje do CDC (Centro para o Controle e Prevenção de Doenças americano). Já o número de mortes em decorrência da covid-19 chegou a 80.820, por enquanto ofuscando o Brasil, que tem se esforçado para garantir que o recorde americano seja esquecido no futuro. Em relação a segunda-feira (11), foram 18.106 novos casos confirmados da covid-19 no país, um crescimento de 1,3%. O ritmo é menor do que o registrado no dia anterior, com um aumento de 1,8% (de 1.300.696 para 1.324.488 casos). Já o ritmo de mortes subiu em relação ao dia anterior, com aumento de cerca de 1,3% (79.756 para 80.820). De um dia para o outgro, o crescimento foi de 1,2% (78.771 para 79.756). – UOL

Cobradora de trem morre por covid-19 depois de levar cusparada de infectado na Inglaterra

Uma funcionária de uma estação ferroviária do Reino Unido morreu de Covid-19 depois que uma pessoa que afirmava ter coronavírus a agrediu cuspindo e tossindo em seu rosto, informou o sindicato dos transportes TSSA, nesta terça-feira (12). Belly Mujinga, de 47 anos, e um colega contraíram o vírus "dentro de alguns dias" após serem agredidos em 22 de março na estação Victoria de Londres, informou o sindicato. "Eles estavam no saguão perto da bilheteria quando foram atacados por uma pessoa que cuspiu neles", explicou o sindicato em comunicado. "O homem tossiu neles e disse que estava com o vírus". Vários dias depois, o médico de Mujinga relatou seus problemas respiratórios. Ela parou de trabalhar, mas sua condição continuou a piorar e em 2 de abril ela foi hospitalizada. A mulher, casada e com uma filha de 11 anos, morreu três dias depois. – O Tempo

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter , Instagram e YouTube .

Tagged:
brasil
Boletim Matutino