Publicidade
Esta história é mais de 5 anos de idade.
Entretenimento

Nós não gostamos de gente

Pedimos uns conselhos da ultrapoderosa inimiga número um dos homens, a Angela Carne e Osso.

por André Maleronka
16 Novembro 2009, 3:00pm

É verdade, a Vice também se rendeu ao Facebook, e por sua causa. É, tem aqueles joguinhos e aplicativos que são um saco, mas tem um que a gente adora, o aplicativo que dá conselhos da ultrapoderosa inimiga número um dos homens, a Angela Carne e Osso, personagem interpretada por Helena Ignez em A Mulher de Todos, filme de 1969 dirigido pelo Rogério Sganzerla.

Como não falamos desse filme na matéria sobre Cinema Marginal que está na nossa Edição de Filme e ela é uma das personagens femininas mais legais de todos os tempos, resolvemos bater um papo com o cara que criou esse aplicativo

VICE: O que você faz da vida?
André Sicuro: Estou me formando em cinema na UFF esse semestre.

Como você conheceu A Mulher de Todos?
Como eu disse, faço faculdade de cinema... Como conheci mesmo, foi um amigo que me mostrou... Mas já tinha visto O Bandido (da Luz Vermelha), e depois de A Mulher... comecei a ver todos os filmes do Sganzerla, Bressane, da Belair...

E o que te fez pirar neles?
O pecado em dobro.

Bonito. Mas como assim?
É uma das frases repetidas inúmeras vezes no Sem Essa Aranha.

Aí tá, você pirou na Angela, como todo mundo que assistiu o filme.
É, ela é a maior. Mas pirei na Sonia Silk (Copacabana, Mon Amour, 1970) também, na Janete Jane (O Bandido da Luz Vermelha)...

E como resolveu fazer um aplicativo do Facebook? Aliás, como faz um aplicativo do Facebook?
Ah, tinham vários, né? Do Pai Mei, da Maísa, do Didi Mocó... E eu vivo repetindo as frases desses filmes com meus amigos... Queria fazer um aplicativo desses de frases... E a Angela me pareceu a maior fonte... É a mais... Mas quero fazer um da Sonia Silk também. Cara, não sei se você está ligado no filme Belair, vai passar na Mostra. Assiste! É demais! Tem trechos dos filmes da Belair restaurados, brilhantes, em cinemascope, com som ótimo. É de chorar. Eu vi aqui no festival do Rio.

Valeu cara. Mas escuta: COMO FAZ UM APLICATIVO DE FACEBOOK?
Ah, é um saco... Fiquei uma hora quebrando a cabeça... O aplicativo bugou, achei que ia perder todo o meu trabalho... Fiquei vendo o filme todo, transcrevi 53 frases e só no dia seguinte consegui desbugar. Cara, do lado do clique de pedir a dica, tem um botão: crie seu próprio aplicativo. É meio difícil, você tem que ficar fuçando, porque ele não te ensina passo a passo tem uns códigos e tal, que você tem copiar e colar.

Entendi. Parabéns, viu? É o melhor aplicativo que eu já vi. Mó sucesso.
Sério?

Pô, minha turma ama.
Eu sou o maior!

SUMEMU!

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.