Noticias

Ed Westwick responde a acusações de estupro

O ator diz que “não conhece” Kristina Cohen, a mulher que o acusou de estuprá-la três anos atrás.
Foto: Dominic Lipinski/PA Archive/PA Images 

Matéria originalmente publicada na VICE UK.

O ator Ed Westiwick respondeu a acusações de que estuprou a atriz Kristina Cohen em seu apartamento três anos atrás.

Numa postagem no Facebook na segunda-feira (6), Cohen diz que estava saindo um homem identificado por ela apenas como "o produtor" na época. O homem era amigo do ator de Gossip Girl, ela escreveu, e levou Cohen para a casa dele. "Eu quis ir embora quando Ed sugeriu 'vamos todos transar'", ela alega, acrescentando que o produtor "não queria constranger Ed indo embora", antes de "Ed sugerir que [ela] tirasse um cochilo no quarto de hóspedes".

Publicidade

Cohen disse que Westiwick a acordou lá com "os dedos entrando no meu corpo".

"Eu disse para ele parar, mas ele era forte", ela escreveu. "Lutei com ele o máximo que consegui, mas ele agarrou meu rosto com as mãos, me chacoalhando, me dizendo que queria me comer. Fiquei paralisada, aterrorizada. Eu não conseguia falar, não conseguia mais me mexer. Ele me segurou e me estuprou."

"O produtor me culpou, dizendo que eu tinha participado ativamente. Ele me disse que eu não podia dizer nada porque o Ed mandaria pessoas atrás de mim, para me destruir, e que eu podia esquecer a carreira de atriz. Ele disse que eu não ia me safar dizendo que o Ed tinha me 'estuprado' e que eu não queria ser 'essa garota'."

Nesta terça (7), Westwick respondeu à alegação com uma declaração breve no Twitter, dizendo: "Não conheço essa mulher. Nunca me forcei a ninguém de qualquer maneira, para nenhuma mulher. E certamente nunca cometi estupro".

A declaração de Cohen vem entre diversas acusações de assédio sexual e estupro na indústria do entretenimento, com várias mulheres dizendo terem sido assediadas e atacadas pelo produtor de Hollywood Harvey Weinstein; vários homens alegaram terem sido assediados ou atacados por Kevin Spacey; e centenas de mulheres acusando o diretor James Toback de assédio sexual e abuso.

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram .