Publicidade
Reportagens VICE

O amor do Japão pelos jogos Arcade é eterno

Neste episódio de VICE Gaming Specials, Nick Norton mergulha na cultura "Dance Dance Revolution", ao mesmo tempo que aborda o renascer da cena Arcade.

Por VICE Staff
19 Agosto 2016, 3:00pm

Este episódio da série "VICE Gaming Specials" foi originalmente transmitido pela VICE USA.

Em 1998, o lançamento de Dance Dance Revolution ressuscitou a indústria moribunda dos jogos de Arcade, com o seu desafio aos jogadores mais tímidos e introvertidos para se soltarem e dançarem em competições renhidas, levadas a cabo em cima de plataformas de neon e em frente a outros fãs ansiosos por participarem.

Yoshihiko Oto e a sua equipa apresentaram o jogo pela primeira vez em Tóquio e tornou-se rapidamente um sucesso em todo o país, com fanáticos a fazerem fila nos salões de jogos à espera de uma oportunidade para competirem. O título chegou depois aos Estados Unidos da América, onde se transformou num sucesso e de onde partiu para singrar à escala global. A popularidade deveu-se não só a uma fiel legião de fãs, mas também à capacidade que teve em criar interacções sociais entre os utilizadores.

Ainda que, desde então, no Ocidente, a cena Arcade tenha novamente decaído, no Japão continua a prosperar, especialmente se olharmos para o universo dos campeonatos Arcade da Konami, onde os deuses asiáticos de DDR competem perante plateias vibrantes e lutam pelo primeiro lugar do pódio.

Neste episódio de VICE Gaming Specials, Nick Norton mergulha na leal e aparentemente eterna cultura do DDR em Tóquio e acompanha aqueles que a fizeram surgir e aqueles que continuam a procurar os "Perfect Scores", ao mesmo tempo que aborda o renascer de toda a cena Arcade.