Entretenimento

David Lynch quer que você medite, quem sabe faça uma luminária durante a quarentena

Abastecido por cafeína e Meditação Transcendental, o aclamado diretor falou com a gente de sua marcenaria sobre sua rotina atual, e por que a pandemia de coronavírus pode levar a um novo jeito de pensar.

por Nick Rose; Traduzido por Marina Schnoor
29 Abril 2020, 10:00am

Imagem via the David Lynch Foundation.  

A vida nunca foi tão lynchiniana.

Para quem tem a sorte de ficar em casa – e não está nas linhas de frente da pandemia de coronavírus – uma mistura bizarra de tédio e um leve desespero acabou definindo a vida em quarentena.

Atividades banais como beber café ou dar uma caminhada solitária ganharam qualidades absurdas, fornecendo conforto estéril enquanto a escuridão espreita logo abaixo da superfície. O tédio abunda, assim como a morte, do mesmo jeito que nas paisagens físicas e emocionais exploradas nos filmes, séries e arte plástica de David Lynch.

Mas David Lynch não está entediado; ele está fazendo luminárias.

Uma criatura de hábito abastecida por cafeína forte e Meditação Transcendental, a rotina diária de Lynch já era bem monástica antes da quarentena, e não mudou muito. Ele diz que está de boa com o isolamento; ansioso como sempre para criar e esperançoso com o mundo que nos aguarda do outro lado.

Falamos com Lynch de sua marcenaria em Los Angeles sobre café, quarentena criativa e como meditação pode iluminar a escuridão que estamos sentindo agora, e até alcançar a paz mundial. Mas primeiro, para introduzir esses temas, vamos falar em madeira.

VICE: Qual é a rotina de quarentena de David Lynch?

David Lynch: Minha rotina é praticamente a mesma agora que antes. Primeiro, levanto e tomo um café. Gosto de tomar meu café logo de cara. É meu hábito. Sabe quando você está internado e colocam um soro no seu braço? Eu gosto de ficar pingando café durante o dia todo.

Depois disso, medito e vou trabalhar.

No que você está trabalhando hoje?

Estou na marcenaria agora, construindo duas arandelas – duas pequenas luminárias. Isso envolve lâmpadas, eletricidade, resina plástica, esse tipo de coisa.

Madeira e eletricidade são temas recorrentes nos seus filmes. Por que essas coisas são uma inspiração?

Eletricidade é muito emocionante e acho que madeira – vamos pensar um pouco em madeira, só por um segundo. A natureza nos fornece isso, todos os tipos de madeira, e a estrutura dela pode ser serrada, lixada, moldada, polida, transformada em móveis e em muitas outras coisas, como casas. É o material mais incrível e tem um cheiro muito bom quando você trabalha com ela. Como a Meditação Transcendental, madeira é algo que você chamar de um presente “do Todo Poderoso” para nós. E onde estaríamos sem eletricidade?

Eletricidade nos dá luz e luz nos dá esperança. Meditação é como eletricidade?

Escuridão é nada – é a ausência de algo. Negatividade é a ausência de toda a positividade interna. Quando você começa a animar isso, a escuridão da negatividade começa a desaparecer diante da luz desse positivo. Quando você limpa esse cano, as ideias começam a surgir e você saberá o que construir, o que pintar, o que inventar. O que bloqueia o fluxo de ideias é a negatividade. Se você medita, você começa a ver as soluções surgindo.

Por que meditação diária é tão importante?

Meditação Transcendental permite que o ser humano mergulhe dentro de si e experimente a forma eterna de consciência pura que há dentro de todos nós. Por alguma razão, perdemos contato com esse campo interno – esse nível não-relativo, absoluto, eterno, mas isso ainda está dentro de nós.

Por que Meditação Transcendental especificamente?

Porque é fácil e sem esforço. Ela foi pensada para o ser humano em isolamento. Não é uma meditação de concentração, contemplação ou de atenção plena. Essas também são boas, mas só a MT nos deixa transcender.

Qual seu conselho para pessoas lidando com o stress e ansiedade de uma pandemia global?

O que você acha? [Risos.] Aprenda as técnicas da MT e tenha um jogo novo acontecendo onde você começa a aproveitar a vida e resolver problemas! Podemos crescer com isso e expandir a consciência. A vida vai melhorando e melhorando. As pessoas começam a ter prazer em estar vivas e começam a ver uma imagem muito maior delas, e se dar melhor com seus colegas humanos.

E se você estiver preso em casa na quarentena ou sob stress financeiro agora e não puder fazer um curso de MT?

Você pode aprender isso agora. Encontre um professor local de MT na sua área e ache um jeito de aprender com 1,80 ou 2,40 metros de separação. E se você não pode pagar agora, dá pra parcelar ou conseguir uma bolsa da David Lynch Foundation. Fale com um professor de MT e faça um plano. Tire vantagem dessa técnica agora. Não amanhã! Agora à noite! Vai lá!

Paz mundial é um dos objetivos da MT. Com bilhões de pessoas em quarentena agora no mundo, o que você acha que aconteceria se todas elas meditassem ao mesmo tempo?

Dentro de todo humano há um campo de inteligência, criatividade, felicidade, amor, energia, poder e paz ilimitados – todas qualidades positivas, dentro de nós. Se você pode animar tudo isso com poder suficiente, isso pode trazer a paz mundial. É algo que já foi pesquisado e estudado. O que veio disso é algo chamado Peace Creating Groups, e se eles se tornarem grandes o suficiente e acontecerem numa base permanente, eles podem trazer a paz mundial. Mas o segredo está dentro de você. Sempre esteve e sempre estará.

O isolamento pode ser bom para a criatividade?

Depende. Se você está se sentindo péssimo e sofrendo no isolamento, isso não é bom para a criatividade. Negatividade é inimiga da criatividade. Se você está cheio de medo e raiva, todas essas coisas negativas, o fluxo de ideias é bloqueado e o cano da felicidade fica entupido por negatividade. Se você medita e transcende todo dia, essa negatividade é derrubada. O ouro vem e o lixo sai. Negatividade, stress, ansiedades, tensões, depressão, tristeza, ódio, sede de vingança, raiva amarga e egoísta; tudo começa a recuar.

Você acha que tem uma lição aqui para a humanidade nesta experiência de pandemia?

Por alguma razão, estamos indo pelo caminho errado e a Mãe Natureza disse “Já chega, temos que parar tudo”. Isso vai durar tempo suficiente para levar a um novo tipo de pensamento.

Melhor ou pior?

Acho que será algo muito mais espiritual e gentil, e vai nos aproximar de uma maneira muito forte e linda. Tem um mundo diferente do outro lado e teremos um mundo muito mais inteligente. Soluções para esses problemas vão aparecer e a vida será muito boa. Os filmes vão voltar. Tudo vai voltar e de uma maneira muito melhor, provavelmente.

E enquanto isso?

Enquanto isso, tem coisas que as pessoas podem fazer em casa. Elas podem desenhar, pintar, construir pequenas coisas, podem escrever músicas, poemas, podem escrever histórias que depois serão filmadas, elas podem jogar jogos, podem inventar jogos. Muitas coisas podem acontecer num espaço pequeno, as pessoas podem inventar receitas e cozinhar coisas novas. É uma oportunidade para vários experimentos diferentes.

Obrigado, David. Vou te deixar voltar pras suas luminárias agora.

Boa, Nick. Se cuide, amigo!

Siga o Nick Rose no Twitter.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tagged:
DAVID LYNCH
Coronavirus
quarentena
meditação transcendental
COVID-19