Noticias

Boletim Matutino da VICE 13/02/20

Tudo o que você precisa saber sobre o mundo esta manhã com curadoria da VICE
13 Fevereiro 2020, 2:08pm
paulo guedes emprega doméstica

Brasil

Guedes diz que dólar alto é bom: 'empregada doméstica estava indo para Disney'

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira (12) que o dólar mais alto é “bom para todo mundo”. Ele afirmou que, com o dólar mais baixo, “todo mundo” estava indo para a Disney, nos Estados Unidos, inclusive “empregada doméstica”. E recomendou que os brasileiros viajem pelo Brasil. "O câmbio não está nervoso, (o câmbio) mudou. Não tem negócio de câmbio a R$ 1,80. Todo mundo indo para a Disneylândia, empregada doméstica indo para Disneylândia, uma festa danada. Pera aí. Vai passear ali em Foz do Iguaçu, vai passear ali no Nordeste, está cheio de praia bonita. Vai para Cachoeiro do Itapemirim, vai conhecer onde o Roberto Carlos nasceu, vai passear no Brasil, vai conhecer o Brasil. Está cheio de coisa bonita para ver", disse o ministro, durante um evento em Brasília. – O Globo

Dólar abre em alta e chega a R$ 4,38 após declaração de Guedes

O dólar segue batendo recordes nesta quinta-feira (13). A moeda segue em alta após quatro recordes consecutivos em relação ao real, batendo o patamar de R$ 4,38. Às 9h40, a moeda norte-americana era vendida a R$ 4,3755, em alta de 0,57%. Na máxima do dia até o momento, chegou a R$ 4,3830. Na véspera, o dólar encerrou o dia vendido a R$ 4,3505, em alta de 0,55%. Na máxima da sessão, chegou a R$ 4,3535, também o maior valor nominal (ou seja, sem considerar a inflação) já alcançado durante as negociações. No mês, o dólar acumula valorização de 1,53% e, no ano, de 8,5%. Já o dólar turismo, vendido nas casas de câmbio, fechou a R$ 4,54 sem acréscimo do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). – G1

Governo cancela expedição a aldeia com indígenas contatados recentemente

A Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde cancelou uma expedição para a aldeia Suruwahás, do Amazonas, um dos povos indígenas que tiveram contato apenas recentemente com sociedade brasileira majoritária. A decisão foi tomada pelo novo chefe da Sesai, Robson Santos da Silva, que assumiu o cargo nesta quarta-feira (12). A expedição vinha sendo criticada por indigenistas porque tornou-se público que participariam integrantes Indígenas de uma organização missionária cristã próxima à ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, e também por falta de planejamento, respeito as normas legais e objetivos científicos. A secretaria chegou a confirmar a participação do Ministério dos Direitos Humanos na missão, mas a pasta negou que algum representante fosse estar da atividade. – G1

Jornalistas fazem manifestos de repúdio a ataques misóginos a repórter da Folha

O ataque à reputação da jornalista Patrícia Campos Mello, na CPMI das Fake News e no Twitter do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), levou mulheres, de veículos de norte a sul do país, a assinar manifestos em repúdio às difamações contra a repórter. Hans River do Nascimento, um ex-funcionário da empresa Yacows, afirmou, em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito, que a jornalista se “insinuou sexualmente”a ele em troca de uma reportagem, de outubro de 2018, sobre disparos em massa via Whatsapp, durante a campanha de Jair Bolsonaro à Presidência. Hoje as redações do país são compostas por mais de 60% de profissionais mulheres. Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República, reproduziu as declarações de Nascimento em seu Twittter, e, mais tarde, no plenário da Câmara. – O Globo

'Difamação e sexismo têm de ser punidos com rigor da lei', diz Maia sobre ataques a repórter

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se posicionou nesta quarta-feira (12) sobre os ataques sofridos pela repórter da Folha Patrícia Campos Mello, alvo de depoimento mentiroso na CPMI das Fake News um dia antes. O deputado escreveu em sua conta no Twitter que atos de falso testemunho, difamação e sexismo têm que ser punidos. "Dar falso testemunho numa comissão do Congresso é crime. Atacar a imprensa com acusações falsas de caráter sexual é baixaria com características de difamação. Falso testemunho, difamação e sexismo têm de ser punidos no rigor da lei", disse Maia. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ainda não se manifestou. A relatora da CPMI das Fake News, deputada Lídice da Mata (PSB-BA), disse que vai acionar o Ministério Público para investigar Hans River do Nascimento. – Folha de S. Paulo

STJ libera nomeação de troll pró-racismo para Fundação Palamares

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, acolheu pedido da Advocacia Geral da União e derrubou a liminar que suspendeu a nomeação do jornalista Sérgio Camargo para a presidência da Fundação Palmares. Na avaliação de Noronha, os ‘eventuais excessos’ de Camargo nas redes sociais ‘não autorizam juízo de valor acerca de seus valores éticos e morais ou mesmo de sua competência profissional’. “Não vejo como deixar de reconhecer que a decisão atacada, a pretexto de fiscalizar a legalidade do ato administrativo, interferiu, de forma indevida, nos critérios eminentemente discricionários da nomeação, causando entraves ao exercício de atividade inerente ao Poder Executivo”, escreveu Noronha na decisão. O caso chegou ao STJ após a União entrar com recurso contra a liminar do desembargador do Fernando Braga Damasceno, do Tribunal Regional da 5ª Região, que manteve suspensa a nomeação de Camargo. – Estadão

Polícia procura em esgoto de condomínio no Rio arma usada na morte de Marielle

Policiais e agentes do Ministério Público do Rio de Janeiro vasculharam, na manhã desta quarta-feira (12), o sistema de esgoto de um condomínio no Anil, Zona Oeste do Rio, em busca da arma utilizada no assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. O crime foi cometido em 14 março de 2018 e está completando 700 dias. A ação desta quarta foi realizada por homens da Divisão de Homicídios da Capital, da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e do Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). De acordo com a unidade, mergulhadores da Core inspecionaram 27 cisternas do local, mas a arma não foi encontrada. Durante a ação, os policias apreenderam munições, carregador de pistola e um carro de luxo para verificação. – G1



Mulher de miliciano Adriano da Nóbrega avisou sobre cerco policial

Júlia Emília Mello Lotufo, mulher do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, o avisou sobre o cerco policial montado no último fim de semana em torno de sua captura. Ela também estava sendo monitorada pela equipe que tentava prender Nóbrega. Depois de ser parada, revistada e liberada por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), na altura de Vitória da Conquista, na Bahia, ela ligou para Nóbrega para falar sobre a mobilização das autoridades. A conversa com a namorada justificaria a tensão do miliciano na véspera de sua morte, narrada em depoimento prestado na Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) por Leandro Abreu Guimarães, dono da fazenda onde o ex-capitão do Bope ficou escondido. – Época

Imagens revelam que gabinete de Carluxo recebeu ex-assessores investigados

Imagens da portaria e documentos da Câmara Municipal do Rio obtidos pelo GLOBO via Lei de Acesso à Informação revelam que quatro ex-assessores do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) investigados pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ) estiveram no gabinete do parlamentar no Palácio Pedro Ernesto, em 30 de outubro do ano passado. Esses ex-funcionários prestaram, no mesmo período, depoimentos no âmbito do procedimento de investigação sobre as suspeitas de "rachadinha" ligadas ao gabinete de Carlos, que estava na Câmara no dia das visitas. Um ex-auxiliar do hoje senador e ex-deputado estadual Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), também investigado, esteve no gabinete de Carlos no mesmo dia. Nenhum deles frequentava mais a Câmara regularmente. – O Globo

Comissão da Câmara aprova projeto que obriga presos a pagarem por suas despesas

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira, projeto de lei que obriga presos a pagarem por suas despesas na prisão. O texto segue para a análise do plenário da Casa. De autoria do ex-senador Waldemir Moka (MDB-MS), a proposta altera a Lei de Execução Penal, acrescentando a obrigatoriedade de o peso ressarcir o Estado pelos gastos com a sua “manutenção no estabelecimento prisional”. O texto já havia sido aprovado por comissões no ano passado. Porém, ao chegar ao plenário em julho, senadores decidiram remetê-lo novamente para a CCJ. Naquele mês, houve polêmica sobre a situação dos presos que não têm condição de fazer o pagamento. – Exame

Integrantes da Lava Jato viram réus em ação sobre outdoor da força-tarefa

Procuradores da Lava Jato vão ter que explicar na Justiça se têm relação com um outdoor em homenagem à operação instalado no ano passado na região metropolitana de Curitiba. Treze membros e ex-membros da força-tarefa de combate à corrupção tornaram-se réus de uma ação popular que busca esclarecer quem são os responsáveis pela placa comemorativa. A propaganda foi posta numa via de acesso ao aeroporto Afonso Pena em março de 2019, mês em que a Lava Jato completou cinco anos. Nela, há fotos de integrantes da operação e a frase: "Bem-vindo à República de Curitiba, terra da Lava Jato, a investigação que mudou o país.". Os procuradores —incluindo Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato no Paraná— foram citados pela Justiça Federal para se pronunciarem sobre a propaganda no final de janeiro. Até agora, nenhum deles se manifestou. – UOL

Doria extinguiu estatal de planejamento contra enchentes de SP em agosto de 2019

A extinção da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa), aprovada pelo legislativo paulista em maio de 2019, pode ter comprometido a articulação entre os 39 municípios da Grande São Paulo para planejar, de forma integrada, ações contra enchentes e inundações, segundo associações e especialistas. A empresa, que era responsável por todo o planejamento urbano da região metropolitana, incluindo a elaboração de mapas e planos de ação, foi extinta em agosto após a aprovação de proposta enviada ao legislativo pelo governador João Doria. "A extinção da Emplasa passa o recado, não só pra comunidade técnica, mas também para a população, de que a coordenação entre as cidades não importa muito, que o planejamento pode ser feito caso a caso", diz Luciana de Oliveira Royer, professora de planejamento urbano da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP. –

G1

Homem é preso suspeito de se passar por delegado da Polícia Civil do Piauí

Um homem de 26 anos foi preso como suspeito de se passar por delegado da Polícia Civil do Piauí e falso advogado para praticar extorsões em pessoas que procuravam seus serviços para resolver problemas. O investigado foi preso por posse ilegal de arma de fogo, no apartamento dele, localizado no bairro Santa Maria da Codipi, na zona norte de Teresina, na manhã de ontem. O nome dele não foi divulgado em cumprimento a lei de abuso de autoridade. Equipes do Greco (Grupo de Repressão ao Crime Organizado) da Polícia Civil do Piauí deram voz de prisão ao homem por ele estar de posse de arma de fogo irregularmente durante o cumprimento a um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça. A SSP (Secretaria de Segurança Pública do Piauí) disse que o investigado atuava realizando extorsões, dizendo que iria realizar prisões, resolver problemas e se apresentava como delegado e advogado em troca de dinheiro para quem o contratasse. – UOL

Lei pode proibir venda de nargilé a menores de idade

Um projeto de lei que proíbe a venda de acessórios ligados ao fumo a menores de 18 anos, entre eles narguilé, cachimbos, piteira e papel para enrolar cigarro foi aprovado no Senado na terça-feira (11). O texto altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A proposta foi aprovada na Câmara dos Deputados em 2018, mas recebeu alterações no Senado e será novamente analisada pelos deputados. A matéria prevê de 2 a 4 anos de detenção e multa de R$ 3 mil a R$ 10 mil para quem vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar os produtos. – Tribuna do Paraná

Após 40 anos de disputa projeto de criação do Parque Bixiga é aprovado em SP

O Projeto de Lei 805/2017 que determina a implementação do Parque Bixiga, na região central de São Paulo, foi aprovado em segunda votação, por unanimidade, na tarde desta quarta-feira (12) durante sessão extraordinária na Câmara Municipal de São Paulo. Agora, o projeto deve ser sancionado ou vetado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). O terreno onde deve ser construído o parque é alvo de briga há quarenta anos entre o dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, diretor do Teatro Oficina Uzyna Uzona, e o Grupo Silvio Santos, que pretendia construir três prédios de até 100 metros de altura na região, no Centro de São Paulo, prejudicando a construção do teatro, que é tombado desde 2010 pelo patrimônio histórico nas esferas federal, estadual e municipal. A construção atual do Teatro Oficina foi projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi em 1992 e inaugurada em 1993. – G1

Touro descontrolado invade avenida e ataca duas pessoas em Campo Grande

Uma ocorrência inusitada mobilizou equipes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros nas primeiras horas desta quarta-feira (12), em Campo Grande, capital do Mato Grosos do Sul. Descontrolado, um touro foi parar no cruzamento da Avenida Gury Marques com Guaicurus, no bairro Universitário, e atacou duas pessoas.Ao Campo Grande News, o tenente José Raimundo dos Santos Neto, do Corpo de Bombeiros, contou que o animal está região desde a meia-noite. Por volta das 1h, uma equipe do Corpo de Bombeiros conseguiu imobilizar o touro, que foi amarrado em uma árvore até que o dono fosse localizado. Segundo o tenente, uma pessoa ainda não identificada passou pelo trecho e cortou a corda que amarrava o animal. Novamente solto na avenida, ele acabou atacando uma motociclista. Ela foi socorrida com Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário. – Campo Grande News

Mundo

Japão confirma primeira morte por Covid-19, antigo coronavírus

O Japão confirmou a primeira morte no país por causa do Covid-19, doença respiratória provocada pelo novo coronavírus. Nesta quinta-feira (13), ministro da Saúde do Japão, Katsunobu Kato, disse em coletiva de imprensa que a paciente era uma mulher de cerca de 80 anos, moradora da região metropolitana de Tóquio. Tóquio será a sede das Olimpíadas de 2020, e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe disse que não haverá alterações no calendário das competições por conta da epidemia de coronavírus. A partir de 24 de julho, o Japão sediará pela segunda vez os Jogos Olímpicos de verão. O Ministério da Saúde do Japão disse que não dará mais detalhes sobre o caso. Esta é a segunda morte por complicações de Covid-19 fora da China, a primeiro aconteceu na semana passada nas Filipinas. – G1

China muda método e província registra mais 14 mil casos de Covid-19 e tem 242 novas mortes

Hubei, província epicentro do coronavírus na China, confirmou 242 novas mortes nesta quarta-feira (12). A região registrou 14.840 casos no último dia, sendo que 13.332 foram diagnosticados de forma clínica. Ao todo, apenas na província, são 48.206 casos do Covid-19. As autoridades de saúde chinesas mudaram os critérios de diagnóstico da doença, passando a aceitar relatórios clínicos dos sintomas, não apenas os testes em laboratório. Com isso, o número de casos confirmados deu um salto. Normalmente, estavam sendo confirmadas de 2 mil a 3 mil novas infecções por dia. Mais cedo, a cidade de Londres confirmou seu primeiro caso da doença. Este é o nono caso de infecção na Inglaterra. O paciente teria contraído o vírus na China antes de chegar ao país. Já os Estados Unidos confirmaram o segundo caso local da doença. – G1

Vietnã impõe quarentena a uma cidade inteira após seis casos de COVID-19

Uma cidade de quase 10.000 habitantes nas proximidades de Hanói foi colocada em quarentena durante 20 dias, depois de registrar seis casos do novo coronavírus, anunciou nesta quinta-feira (13) o governo do Vietnã, país que tem fronteira com a China. A localidade de Son Loi, a 30 km da capital vietnamita, permanecerá totalmente isolada por ordem do ministério da Saúde. Um novo caso de Covid-19 foi registrado nas últimas horas na área, o que elevou o número de infectados a seis. No total, o Vietnã registra 16 casos positivos até o momento. O novo coronavírus foi 'importado' por uma mulher que fez um curso profissionalizante na cidade chinesa de Wuhan, berço da epidemia. Ao retornar para o Vietnã, ela transmitiu a doença para integrantes de sua família e vizinhos, incluindo um bebê três meses. – UOL

Jornalista brasileiro é executado por pistoleiros na fronteira de MS com o Paraguai

O jornalista brasileiro Léo Veras foi executado por pistoleiros na noite desta quarta-feira (12) na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense a 342 km de Campo Grande. Léo Veras é bastante conhecido em Mato Grosso do Sul por seu trabalho. Ele era o dono de um site policial que produzia notícias da região da fronteira em português e espanhol. Frequentemente ele noticiava situações relacionadas ao tráfico de drogas. De acordo com a Polícia Nacional do Paraguai, Léo foi atingido por cerca de 12 tiros de pistola 9 milímetros. Um dos disparos acertou a cabeça dele no momento em que ele tentou correr dos assassinos. O jornalista chegou a ser socorrido e encaminhado para um hospital particular da cidade paraguaia, mas não resistiu. – G1

Casal maconheiro batiza filhas de Sativa e Indica em homenagem à brenfa

Um casal adepto à maconha no Reino Unido decidiu homenagear a erva ao batizar seus filhos — a pequena Indica nasceu na última segunda-feira (10), dois anos depois de sua irmã, Sativa. A história surgiu no Twitter de Fred Lee, tio das crianças, que escreveu: "Meu irmão está animado com o nascimento de sua segunda filha! E antes que vocês perguntem, sim, o nome dela é exatamente o que vocês pensam". O nome completo do novo bebê é Indica Akili Jean Quin-Groce, em referência à especialidade da maconha conhecida por gerar um efeito mais relaxante. O jovem compartilhou, ainda, uma foto da criança. "Nem sei o que dizer, sou tão abençoado por ter duas meninas saudáveis", escreveu. – UOL

Siga a VICE Brasil no Facebook , Twitter e Instagram.