Publicidade
teorias da conspiração

Tudo sobre QAnon, a nova grande teoria da conspiração da direita

George Soros, os Illuminati e Branca de Neve controlam o mundo, segundo um cara do 4chan que lidera uma legião de detetives de sofá.

por Justin Caffier; Traduzido por Marina Schnoor
06 Agosto 2018, 8:26pm

Donald Trump em 2017. Foto por BRENDAN SMIALOWSKI/AFP/Getty.

O piti recente de Roseanne Barr no Twitter não só levou ao cancelamento de sua série na TV norte-americana, mas também demonstrou como o lado mais feio da internet da direita funciona. Como o New York Times cobriu na época, os tuítes de Barr não eram só racistas, eles ocasionalmente mergulhavam num buraco negro cada vez maior de uma insana teoria da conspiração conhecida como QAnon.

Quem ou o que é QAnon? Só fazer essa pergunta já te suga para um mundo secreto de paranoia que faz o Pizzagate parecer uma brincadeira de criança. Essa é uma teoria da conspiração criada no 4chan que aparentemente vem convencendo um número alarmante de adultos norte-americanos que um monte de coisas absurdas são verdade. Depois de meses de mistérios, muitos usuários do infame fórum hoje acreditam que a teoria não passa de uma enorme pegadinha para ridicularizar conservadores mais velhos dos EUA e Canadá.

A zona toda começou em 28 de outubro de 2017, quando um usuário anônimo com o nickname “Q” começou uma thread chamada “A calmaria antes da tempestade” no 4chan. Numa série de postagens, Q dizia ser um funcionário de alto escalão do governo com uma permissão nível Q do Departamento de Energia, com acesso a informações "Top Secret" sobre Donald Trump, os democratas e as maquinações secretas do governo americano.

Com detalhes até plausíveis e uma trama governamental digna de um romance esquecido de Dan Brown, Q começou lentamente a pintar uma realidade muito diferente da que vivemos. A conspiração formada em torno dessa figura anônima misteriosa foi chamada de QAnon e diz que Donald Trump não está sendo investigado por Robert Mueller. Em vez disso, Trump está meramente fazendo o papel de um boi de piranha da mídia enquanto secretamente ajuda um conselho especial a perseguir suas verdadeiras presas: Barack Obama, Hillary Clinton, John Podesta e todos os outros bichos-papões liberais. (As coisas ficam MUITO mais bizarras que isso, mas esse é basicamente o enredo central.)

Tudo isso é contado através de dicas criptografadas, o que parece ser metade da diversão pro pessoal envolvido. Logo surgiram incontáveis canais no YouTube, subreddits e fóruns dedicados a juntar essas pistas num grande mural de investigações digital. Um dos subreddits dedicados à conspiração QAnon tem mais de 31 mil inscritos. No YouTube, vídeos temáticos QAnon já têm dezenas de milhares de visualizações ou até centenas de milhares. A coisa já vazou pro mundo real, com teóricos da conspiração dizendo que encontraram campos de pedófilos no deserto do Arizona. Então esse nonsense todo não deve sumir tão cedo.

Para entender do que consistem essas afirmações doidas da internet – e te ajudar a identificar alguém começando a se meter nessa – aqui vai um guia pra nova grande conspiração da galera alt-right.

Screenshot do YouTube: McAllisterTV

Migalhas

Sem querer divulgar muita coisa e arriscar ser exposto, Q alimenta seus seguidores com informações chamadas “breadcrumbs” [migalhas] para que, assim como João e Maria, esses teóricos o sigam para fora da floresta das fake news. A própria existência dessas migalhas já levanta uma série de questões, tipo: por que alguém querendo começar uma campanha virtuosa contra o mal vazaria qualquer coisa, quanto mais pistas facilmente desvendáveis que poderiam comprometer seu anonimato e a missão em geral? Mas essa linha de pensamento parece não preocupar muito os fãs do QAnon.

Padeiros

Como seguidores da trilha de migalhas de Q, o pessoal do QAnon chama a si mesmo de bakers [padeiros], denotando seu comprometimento com a causa e, aparentemente, uma compreensão equivocada de como realmente se faz pão.

Massa

Dough [massa] é a soma dessas pistas, respostas e informações concretas coletadas anteriormente, uma análise das migalhas jogadas por Q. Os padeiros “assam” essa massa para criar novas threads online juntando as migalhas mais recentes.

Vigas

Às vezes, Q gosta de bancar o Mr. Robot e jogar migalhas que parecem cartões de dicas do paranoico apresentador conservador Alex Jones ou nomes de arquivos pouco intuitivos. Esses são os chamados “stringers” [vigas] e cada nova postagem de Q coloca seus seguidores numa gincana bizarra para encontrar um significado maior.

Dois exemplos reais de stringers:

Helicóptero.
ACIDENTE.
Praia de Newport.
Hotel GM.
O que aconteceu nesses hotéis?

_27-1_yes_USA94-2
_27-1_yes_USA58-A
_27-1_yes_USA04
_Conf_BECZ_y056- (3) _y
The_Castle_Runs_RED_yes
Vá com Deus.

A Tempestade

Essa frase vem de uma análise enigmática de uma sessão de fotos de 8 de outubro com o presidente Trump cercado de militares de alta patente. Trump disse que o evento relativamente insignificante era “a calma antes da tempestade”. Isso, claro, fez os jornalistas presentes pressionarem Trump sobre o que ele queria dizer. Ele não deu mais explicação, soltando apenas um enigmático “vocês vão descobrir”.

Trump, famoso por falar merda, claramente estava só tirando frases vagamente intimidadoras do nada pra se fazer de fodão, mas esse momento atraiu a atenção de Q, claramente inspirando sua postagem inicial algumas semanas depois.

Desde então, os padeiros acreditam que a Tempestade é uma grande operação heroica liderada por Trump e outros para derrubar os vilões do que chamam de Deep State [estado profundo], cartéis de pedofilia de liberais e todos os globalistas/judeus amantes do dinheiro nos bastidores oprimindo o americano médio.

Padeiros encontram provas dos efeitos e validade da Tempestade em cada matéria sobre um traficante de humanos ou predador infantil preso. Impedir pedófilos, uma missão em andamento desde a era do menos organizado Pizzagate das teorias da conspiração da direita, é praticamente um fetiche pra esse público.

Emoji de Raio

É um jeito do pessoal do QAnon se referir à Tempestade quando querem economizar caracteres ou só colocar um desenho legalzinho em seus nomes de usuários.

Screenshot do Twitter: LisaMei62

Palhaços

Os capangas do mal do universo QAnon, palhaços são agentes da CIA, NSA e outras agências de inteligência tentando expôr a identidade de Q e acabar com a missão Tempestade. Os padeiros muitas vezes “desmascaram” palhaços que acham que foram implantados em seus fóruns.

O Grande Despertar

Emprestando do termo de diferentes períodos de revival do cristianismo na história americana, o Grande Despertar QAnon será a era pré-Tempestade de iluminação alcançada pelos padeiros que conseguirem desvendar as dicas de Q. Nem sempre de maneira descarada, uma veia de fascismo cristão corre pela narrativa QAnon. “Godspeed” [Vá com Deus] é uma despedida comum nas migalhas de Q e entre os padeiros. Esse subtexto de supremacia cristã ajuda a reforçar os elementos antissemitas e islamofóbicos latentes da imagem maior da conspiração.

Mas esse Grande Despertar é só a “pílula vermelha” do pessoal que se acredita acima do termo mais popular saído do Matrix.

Siga o Coelho Branco

Eles até tentam, mas o pessoal do QAnon não consegue resistir à trilogia sci-fi das irmãs Wachowski, e Q, emprestando as direções dadas através da tela do computador de Neo em Matrix, sempre incentiva sua horda a seguir o coelho branco. O coelho branco em questão pode representar qualquer coisa, do coelho da Playboy e Hugh Heffner à Igreja Católica e até um artista de Nova Orleans de sobrenome Podesta – sem relação com o John – que por acaso trabalha com manequins vestidos de coelho.

Screenshot do Twitter: QAnonAlice

Alice e o País das Maravilhas

Por que parar no coelho branco quando tem muito mais coisas pra minerar das histórias do Lewis Carroll? Enquanto alguns padeiros se referem a Obama como Alice, a maioria prefere desconsiderar essa troca de gênero do personagem e dar o papel para Hillary Clinton. E onde mais seria esse País das Maravilhas dela além da Arábia Saudita, uma terra mágica cheia de narguiles e financiamentos da Fundação Clinton?

Branca de Neve e os Sete Anões

A quem esses apelidos recorrentes se referem não parece ser consenso na comunidade QAnon. Alguns dizem que Branca de Neve é Julian Assange, outros acreditam que é a CIA. Alguns acham que os anões são alvos a serem eliminados pela Tempestade, outro acham que são sete supercomputadores operados pela comunidade de inteligência.

Surpreendentemente, essa última parte tem um pé na realidade. Nos primórdios da era da computação, dos anos 1950 aos 70, a IBM e sete outros fabricantes (por exemplo: Honeywell, RCA e UNIVAC) trabalharam em grandes projetos de computação mainframe para agências do governo. Na época, a IBM, a maior empresa do grupo, era chamada de Branca de Neve, com as máquinas das outras empresas levando os apelidos dos anões da Disney. Com o tempo, teóricos da conspiração transformaram esses computadores em vilões estilo Hal 9000, puxando autonomamente as cordinhas ou sendo controlados por membros do nefasto estado profundo.

Operação Mockingbird

Essa é uma suposta trama da CIA que vem desde os anos 50, onde a agência ganhou o controle da mídia para comandar as massas através de propaganda. Cada matéria do Washington Post sobre o suposto conluio com a Rússia faz parte da Operação Mockingbird. Robert DeNiro dizendo “foda-se o Trump” no Tonys: Operação Mockingbird. Esta matéria: 100% Operação Mockingbird.

Uma migalha de Q.

O Triângulo

QAnon é basicamente o grande crossover da história das teorias da conspiração. Q faz referências a todos os grandes sucessos da cena, como a Maçonaria, MK Ultra e a simbologia dos Illuminati. O triângulo, uma marca do folclore Illuminati, na história de Q representa três famílias multimilionárias que controlam o mundo inteiro. Essas famílias geralmente são representadas por sinais de soma por alguma razão, apesar de não haver mistério dentro ou fora da comunidade do que esses “mais” representam.

Então quem são esses poderosos? Bom, você provavelmente já adivinhou pelo menos um nome: George Soros (+). Mas Q também já tirou a poeira dos clássicos Rothschilds (++). O terceiro e final competidor é a Casa de Saud (+++), a realeza da Arábia Saudita.

Screenshot do YouTube: An American

Família (Y)

Sempre um contador de histórias, Q tem insinuado que o clã Soros derrubou uma quarta família poderosa para tomar o posto deles como a terceira linhagem mais rica do planeta, e resta aos padeiros descobrir quem essa família poderia ser. Os teóricos ainda não determinaram quem Y pode ser, mas os mais falados atualmente são os Bushes, os Rockfellers e *barulho de disco riscado* – os Merkels?!

Foto via Anonymous.

O Titanic e o Olympic

Aparentemente, JP Morgan afundou o Titanic – que ele na verdade trocou por um navio cópia, o Olympic – para fundar a reserva federal dos EUA (tem que ter fé, galera).

Esse tópico só surge de vez em quando na bolha QAnon, já que Q nunca se referiu a isso diretamente numa migalha, mas vou incluir aqui porque A) é hilário e B) é um ótimo exemplo de como os padeiros já meteram toda conspiração preexistente no seu cozidão de insanidade.

Foto via Anonymous.

Terra da Fantasia

Esse termo se refere à cabala de países malignos controlados pelo Triângulo e quer ver o mundo sempre à beira do apocalipse nuclear. Que jeito melhor de manter a população dócil e controlada? Mas para isso eles precisam de um bode expiatório. Então eles formaram uma nova nação e colocaram um líder marionete “louco” no poder que pode ser facilmente controlado para manter a estratagema viva. Segundo os padeiros, foi isso o que a CIA fez com a Coreia do Norte e a família Kim.

Screenshot via YouTube: Screen Hoopla

Tornozeleiras eletrônicas

Segundo os fóruns QAnon, a Tempestade já pegou alguns dos consiglieres ligados ao estado profundo, como Huma Abedin, Chelsea Clinton e John McCain. Mas pela infinita misericórdia dos mocinhos, eles decidiram permitir que esses vilões – que eles acusam de facilitar sequestros, estupros e assassinatos de crianças – sigam sua vida normalmente, desde que eles usem tornozeleiras eletrônicas. Isso faz cada foto de um vilão do QAnon de vestido comprido, bota ortopédica ou calça larga ser analisada nos mínimos detalhes para ver se alguém está tentando esconder seu rastreador.

Foto via Anonymous.

BDT

BDT é uma sigla para Blunt and Direct Time, além de ser a sigla de taka, a moeda de Bangladesh. Não faço a mínima ideia do que eles querem dizer com isso. Algo sobre um terrorista nascido em Bangladesh que teve seus esforços frustrados como prova da boa vontade de Q?

Michael Corleone recebendo a Cruz de Malta do Papa em 'Poderoso Chefão III'/Screenshot do YouTube: JMC RSA.

Poderoso Chefão III

Outro tópico ainda não resolvido com algumas teorias competindo entre si: alguns dizem que as referências de Q ao último filme da trilogia de Francis Ford Coppola implicam a Igreja Católica num cartel global de pedofilia. Outros acham que isso tem a ver com como os Rothschilds mandam no Vaticano depois de emprestar dinheiro a eles em algum momento dos anos 1800. Alguns acham que é só uma alegoria pra ideia toda de acabar com a corrupção.

Seja qual for a ligação desse filme com o resto da trama conspiratória, o grande troll Q fez um monte de gente assistir a um filme chato de três horas procurando pistas e, para isso, eu tiro meu chapéu. Bom trabalho, Q.

Matéria originalmente publicada na VICE US.

Siga a VICE Brasil no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.