festivais

Seis concertos do NOS Primavera Sound que tens de ver com o estômago forradinho

E sabes como é que os vais ver? Com os dois passes gerais que temos para te oferecer. Acredita que tens mesmo de ler isto.
04 June 2018, 8:40pm
rapariga ao telefone e a segurar comida num festival
Foto por Helena Granjo/VICE, originalmente publicada aqui.

Bem, antes de mais, dizer-vos que tínhamos aqui na secretária dois passes de três dias para o NOS Primavera Sound e, bondosos como somos, decidimos que dois de vocês, queridos leitores, iriam certamente dar-lhe melhor uso que nós, gente que, claramente, não percebe nada de música e cujas dores nas articulações já não permitem enfrentar tais eventos com a frescura de outrora.

Mas, deixemo-nos de queixumes e vamos ao que interessa. Andávamos aqui às voltas, a tentar inventar a pólvora e pelo caminho a forma mais disruptiva, millennial, inovadora e fora da caixa de enfiarmos a oferta no meio de um conteúdo disruptivo, millennial, inovador e fora da caixa (porque, afinal, é isso que esperam de nós, certo?), só que, claro, na opinião dos comentadores de serviço que irão tomar de assalto as caixas de comentários do Facebook assim que publicarmos, não conseguimos.

Comida nos festivais de música! Quem nunca leu um artigo sobre tal coisa que levante o braço. Ninguém levanta! Nós sabemos. Ainda no ano passado dedicámos toda uma galeria de fotos (bem bonita, diga-se) à temática. Só que, por outro lado, comida e NOS Primavera Sound são indissociáveis. É, provavelmente, o festival de Verão português onde melhor se come e isso, nem o mais afincado dos trolls da Internet conseguirá contestar.


Vê o primeiro episódio de "Nuts + Bolts", com Tyler, The Creator


Como tal e tendo em conta que quem nos/vos oferece o bilhete é a Uber Eats (tudo explicadinho para que percebam bem de onde é que as coisas boas aparecem), não nos martirizámos mais e decidimos: vamos escrever sobre comida e música e aproveitar o facto de que, pela primeira vez num festival em Portugal vais poder estar sentadinho na relva antes, durante ou depois daquele concerto que não podes perder (entre as 16h00 e a 1h00) e com o teu smartphone, através da aplicação Uber Eats, decidires o que queres comer de entre uma selecção bem jeitosa de restaurantes locais. Passado meia nesga só tens de ir a um ponto específico e privilegiado do recinto e levantar a encomenda. Sem duas horas de fila, sem te chateares, sem estares em pânico porque vais perder o concerto a seguir. Há coisas que, na verdade são tão boas que, mesmo que não tivéssemos nada para te oferecer, valia a pena falarmos delas.

Abaixo podes ver as nossas sugestões de seis concertos que queremos muito ver e seis menus que recomendamos, seja para estares preparado para o que te espera, para ires picando languidamente enquanto deixas que o som te tolde os sentidos, ou para recuperares forças depois. Para te candidatares aos dois passes gerais oferecidos em parceria com a Uber Eats espreita AQUI as bases legais do passatempo e preenche o questionário que podes encontrar no final deste artigo.

Tens o resto do dia 4 de Junho e o dia 5 de Junho inteiro. Na quarta-feira, 6 de Junho, faremos um sorteio interno entre todos os candidatos. Os vencedores serão notificados por e-mail até às 15h00 desse mesmo dia e terão até às 19h00 para confirmar a aceitação do passe e enviarem CC digitalizado. Caso não o façam procederemos a novo sorteio. Os bilhetes serão enviados aos vencedores por via digital, logo após a confirmação.

WAXAHATCHEE + PANQUECAS DIPLOMATA

É às 18h20 de quinta-feira, 7, no Palco NOS e promete ser daqueles momentos de fim de tarde que ficarão na memória eterna do Festival. Katie Crutchfield, traz na bagagem Out in the Storm, de 2017, e com ela uma tempestade de emoções. As panquecas vão ajudar-te a lidar com a situação. Porque, como sabes, panquecas ajudam a lidar com qualquer situação e àquela hora é mais provavévl que precises de um pequeno-almoço tardio, do que propriamente de um jantar antecipado.

TYLER, THE CREATOR + HAMBURGER MUNCHIE

O nosso menino Tyler aterra no Palco SEAT, às 23h20 de quinta-feira, 7, e o melhor é mesmo estares bem comido. Arranja o lugar perfeito, encomenda um hamburger (é do Munchie, não confundir com o Munchies) com tudo a que tens direito - ou os que quiseres, com o que quiseres, que não somos a tua querida mãezinha -, deixas os teus amigos a guardar o spot e 10 minutos depois estás lá outra vez. Os teus níveis de ansiedade vão agradecer.

YELLOW DAYS + TACO GUACAMOLE

A música de George van den Broek a.k.a. Yellow Days é uma daquelas salganhadas tão maravilhosas que não fica muito longe daquela outra salganhada não menos maravilhosa que normalmente encontras dentro de um belo de um taco mexicano. Combinações perfeitas? Logo nos contas. É na sexta, 8, às 19h00, no Palco Pitchfork.

UNKNOWN MORTAL ORCHESTRA + SALSICHA MARIA WURST

Diz o site do NOS Primavera Sound sobre o projecto que vais poder ver e ouvir na sexta, 8, à uma da manhã, no Palco Pitchfork: "Um teste à precisão auditiva: descobrir e identificar todo os estilos abrangidos nos temas de Unknown Mortal Orchestra. Vais detectar vestígios dos anos sessenta, elementos soul, traços de indie, rastos de funk, reflexos de pop electrónico… Reduzir todas estas sonoridades a apenas um só estilo (psicadélico, neo-psicadélico ou algo do género) é inútil". Bom, perante tais factos incontornáveis, nada como um repasto prosaico, mas não menos autêntico. Certo?

LUÍS SEVERO + BIFANA CONGA

Um clássico portuense para enfrentar com conforto um novo clássico lisboeta. Apostamos 20 paus paus em como o Severo adora bifanas. Apostamos 40 em como não sais do Primavera sem uma da Casa Conga. Apostamos 100 em como o concerto do Luís Severo no sábado, 9, às 17h00 no Palco SEAT, vai ser mel a escorrer por uma encosta verdejante, invadida por gente semi-vestida, a bronzear o esqueleto, a dançar suavemente ao sol e a rezar a todos os santinhos para que o dia não chegue ao fim.

NICK CAVE & THE BAD SEEDS + SANDUÍCHE JABARDO PUORTO

Agora, um clássico portuense absoluto e incontornável para enfrentar um clássico absoluto e incontornável australiano. Do Mundo, vá. Um clássico mutante. Incansável, glorioso, selvagem, perigoso, cândido, escuro como a mais negra das noites e luminoso como o mais solarengo dos dias solarengos. Nick Cave regressa ao Primavera Sound do Porto, no sábado, 9, às 22h05, no Palco NOS, para aquele que é provavelmente o concerto mais aguardado do Festival. Pelos motivos que todos sabemos, o homem anda há já coisa de um ano e tal a percorrer o Mundo, de catarse em catarse, numa entrega emocional que diz quem já viu deixa artista e público em estado de exaustão absoluta e estrondosamente bela. Portanto, uma francesinha, ainda que em modo sande, é capaz de ser boa ideia.


Lê AQUI as Bases Legais deste concurso antes de preencheres.

Segue a VICE Portugal no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Vê mais vídeos, documentários e reportagens em VICE VÍDEO.