Elas do Avesso

  • Do corpo paralelepipédico e do sexo na Pick Up

    "Em vez de usarmos a nossa diferença para mostrar que o mundo é que está errado, escolhemos que nós é que não estamos de acordo e obrigamo-nos a engavetar o corpo no que não lhe serve".

  • Em tudo eu entrei para falhar

    "Se estes corpos podem andar… é, porventura, o sinal de que a alma e o corpo concordam… não são as mãos, não são os olhos, tão-pouco o sexo… são as línguas… esse cumprimento ancestral de reconhecimento… decidem se já se conhecem ou não. As línguas".

  • Sextas-feiras e dias (in)úteis

    "Chegam pessoas, chega barulho, chega desassossego, chegam olhos que choram por detrás de eyeliners e maybellines… Chegam peitos que arfam por baixo das t-shirts e das camisas…".

  • Carta à Mãe

    "Obrigada mãe… por nunca teres sido rica, mas me receberes de novo. Por me aceitares de recomeço aos 27 anos. Por acreditares em mim, mãe. Por me perguntares, 'mas por que é que estás a chorar?'… Porque para ti nunca há motivo para chorar, mãe".

  • As novidades do falso Mundo

    "Gosto de pessoas que engordam, que deixam que o six pack tome a forma que ele quiser, ou não tome forma nenhuma… os six pack que se conseguiram à custa de suor… fabricados a sangue no ginásio, no chão e na fome".

  • Mulheres, Masturbação e Latim

    "Como podem? Como se atrevem a roubarem-se, todos os dias, o amor-próprio que a carne vos pede?… A vossa carne. Acham que ela está com saudades do vosso namorado? Deixem-me rir".

Publicidade