crónica

Publicidade
  • Carta à Mãe

    "Obrigada mãe… por nunca teres sido rica, mas me receberes de novo. Por me aceitares de recomeço aos 27 anos. Por acreditares em mim, mãe. Por me perguntares, 'mas por que é que estás a chorar?'… Porque para ti nunca há motivo para chorar, mãe".

  • O antigo neo-nazi que se converteu em defensor da paz

    Tudo começou em 1987, quando tinha apenas 14 anos. Christian, diz, procurava um sentido mais profundo para a vida. Acabou envolvido num mundo de violência, a que só conseguiu escapar muitos anos depois.

  • Minha Avó, a Envenenadora

    John Reed volta ao passado e narra a curiosa história da matriarca de sua família.